O CCI Idiomas

O CCI idiomas Bauru iniciou suas atividades em 1981. Desde então caracteriza-se por ser uma escola de ensino forte e independente por isso pode escolher entre os melhores métodos obtendo excelentes resultados.

Os alunos CCI têm ao seu alcance o que há de mais novo e melhor no ensino de idiomas, utilizando materiais didáticos de qualidade com um custo acessível.

O diferencial CCI aparece desde o início por uma série de fatores que fazem com que os alunos realmente adquiram e dominem o novo idioma sem jamais terem ido ao seu país de origem. Eles já saem com uma pontuação nos exames TOEFL ou TOEIC, os mais pedidos no mundo por empresas e universidades para medir o nível de inglês dos candidatos.

Nossa Metodologia

No CCI, os livros e materiais são todos importados e trocados periodicamente. Podemos lançar mão do que comprovadamente está dando mais resultados no ensino de uma 2º língua. Nossos livros e materiais são os memos usados nos melhores centros de ensino de línguas para estrangeiros nos EUA e Inglaterra, o que garante um vocabulário rico, atual e um falar fluente e natural.

Nossos Alunos

O Aluno CCI é exposto a uma grande variedade de situações onde é convidado a opinar, expor sua idéias e defendê-las nos mais diferentes assuntos. Tendo contato com diversos tipos de textos, de vários níveis de dificuldade e cultura, ele aprende a ouvir, falar, ler e escrever com fluência. Ao seu alcance estão artigos, textos literários, sitcons, talk-show, filmes, peças de teatro dos mais diversos assuntos,  formando assim um vocabulário rico, que poderá ser usado, ouvido, lido e escrito em qualquer situação. Sendo representante dos exames TOEFL-itp e TOEIC, o CCI prepara e encaminha seus alunos para estes exames. Venha conferir o resultado dos nossos formandos nestes exames.

Nossos Professores
Para formar estes alunos o professor CCI é escolhido a dedo, com muito cuidado. Além de fluência no idioma, ele tem que ser uma pessoa culta e estar constantemente se atualizando para discutir e ensinar todo o tipo de assunto. Ele tem que saber o que há de mais novo e eficaz no ensino e aprendizado de uma nova língua. Ele tem que conhecer a psicologia do público que vai ensinar (criança, adolescente, jovem e adulto). Dái, as reuniões pedagógicas semanais, os estudos de literatura inglesa e norte-americana, a leitura constante da aplicação de novas abordagens, novas descobertas no campo da linguística e neurolinguística.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *